. Eu sempre acho engraçado quando, ao falar sobre Astrologia com as pessoas, muitas me dizem que têm medo de fazer a leitura do seu mapa. Medo porque às vezes elas acham que serão reveladas tragédias, mortes ou outros fatos irreversíveis. E eu acho que isso revela muito dessa ideia errônea que muitos têm da Astrologia: de que ela equivale a uma declaração de destino imutável. E muitos acabam usando isso pra tentar diminui-la, afirmando, por exemplo, que se fosse assim, pessoas nascidas exatamente no mesmo dia, hora e local teriam que ter vidas exatamente iguais. E a notícia maravilhosa que eu venho lhes dar hoje é que não, essas pessoas não têm que ter vidas iguais. Porque a Astrologia não determina um destino fixo. Ela revela probabilidades muito fortes, mas sendo seres com capacidade de fazer escolhas, temos a liberdade de escolher como vamos lidar com essas possibilidades.
Oi pessoal! Tudo bem? Algo que vocês sempre me perguntam no Instagram quando falo sobre Astrologia é sobre as casas do mapa astral! Então quis fazer um post aqui falando especificamente sobre isso porque, além de saber seu signo solar, o ascendente e em que signo você tem a lua e vênus, para compreender melhor seu mapa astral, é super interessante saber também em que signo você tem cada casa do seu mapa astral e também os planetas que você tem dentro delas.