Signos, planetas e casas mapa astral - Astrojourney

Um resumo sobre os signos, planetas e casas do mapa astral

 

Decidi fazer um post com um resuminho sobre cada signo, cada planeta e também sobre as casas do mapa astral, assim fica fácil de vocês acessarem sempre que quiserem relembrar! 

Lembrando que, se você nunca fez seu mapa astral antes e não faz ideia de qual seu ascendente ou onde estão seus planetas e casas, relax: você consegue fazer online e nós vamos te explicar o passo a passo. Depois de fazê-lo, é só ler o conteúdo abaixo sobre signos, planetas e casas e navegar pelo blog, que está recheado de posts que vão te ajudar a entender melhor sobre astrologia 💙 

Existem vários sites em que você pode fazer seu mapa astral, e um que adoramos é o Astro.com. No canto direito em cima do site, é possível mudar o idioma para português, e depois disso basta clicar em Meu Astro e se cadastrar. Depois disso, clique em “Meu astro” de novo e aparecerá uma página com diversos ícones. Desça um pouco e clique em “Desenhos de mapas astrais”, e depois basta clicar em “Desenho do mapa, ascendente”.

Você terá que adicionar os seus dados para conseguir fazer o seu mapa – dia, hora (conforme a certidão de nascimento) e cidade em que nasceu. Tanto o seu mapa como o de outras pessoas que você cadastrar ficarão nos Dados Astro armazenados no site. Toda vez que acessar o site, é só seguir esse passo a passo e então clicar no seu nome, que abrirá a página com o desenho do seu mapa astral. Por mais que você não entenda muito bem esse desenho logo de cara, é super importante tê-lo porque você irá compreendendo aos poucos no decorrer dos seus estudos de astrologia 💙 

Confira abaixo um resuminho do significado de cada signo, planeta e casa do mapa astral, que vão te ajudar muito a compreender os conceitos-chave de cada elemento do mapa!

Lembrando que todos nós temos todos os signos no nosso mapa astral, então é interessante compreendermos melhor todos eles (e também as casas do mapa) para entendermos onde temos essas influências. Todos os signos possuem também suas vibrações mais altas e mais baixas, e cabe a nós escolhermos focar nas melhores – tanto quando temos o sol ou outro planeta neste signo, como também na casa do mapa astral em que ele está.

 

OS SIGNOS

ÁRIES: Sendo o primeiro do zodíaco, o signo de Áries representa fortemente novos inícios, pioneirismo, coragem, empreendedorismo, energia, dinamismo e competitividade. Em suas vibrações mais baixas, temos a impulsividade, egoísmo e a pressa. Planetas que um indivíduo tenha nesse signo podem se manifestar de forma pioneira, corajosa ou imprudente.

TOURO: As principais qualidades de Touro são a determinação, estabilidade, perseverança, sensualidade e praticidade. É interessante ter um cuidado com a teimosia, preguiça, possessividade ou materialismo. Planetas que um indivíduo tenha em Touro se manifestam de forma estável ou até mesmo um pouco mais lenta.

GÊMEOS: As vibrações mais altas de Gêmeos são a inteligência, sociabilidade, comunicatividade, a curiosidade para aprender coisas novas e a flexibilidade para compreender outros pontos de vista. Já nas vibrações mais baixas, há a dispersão, a fala em excesso e uma possível superficialidade. Planetas que um indivíduo tenha em Gêmeos tendem a se manifestar de forma versátil, plural ou inconstante. 

CÂNCER: As principais características de Câncer são o fato de se tratar de um signo muito amoroso, protetor, simpático e receptivo. Já em suas vibrações mais baixas, com as quais é interessante quem tem o sol nesse signo ter cuidado, são a instabilidade emocional, o apego ao passado e a dependência em outras pessoas. Planetas em Câncer tendem a se manifestar de forma afetiva, sensível e protetora.

LEÃO: As vibrações mais altas de Leão são a confiança, entusiasmo, generosidade e a criatividade. As mais baixas, com as quais quem é de leão tem que ter cuidado, são a arrogância, o egocentrismo e a preguiça. Planetas em Leão tendem a se manifestar de forma criativa, ousada e dominadora.

VIRGEM: As principais características de Virgem são a incrível eficiência desse signo, além da praticidade, dedicação, organização e o fato de serem super observadores. Já as vibrações mais baixas consistem no fato de os virginianos muitas vezes serem críticos demais, não só com os outros como consigo mesmos também. Planetas em Virgem tendem a se manifestar de forma analítica, prática e organizada.

LIBRA: Quanto às suas vibrações mais altas, Libra é o signo mais diplomático do zodíaco, tendo a busca por equilíbrio como característica evidente, além da sociabilidade e apreciação por arte e romance. Em suas vibrações mais baixas, evidencia-se a indecisão, por querer tanto considerar os dois lados que acaba não se decidindo. Planetas que um indivíduo tenha em Libra tendem a se manifestar de forma harmônica, e buscam parcerias e diplomacia.

ESCORPIÃO: Sendo um signo bastante intenso e passional, Escorpião, em suas vibrações mais altas, tem tudo para ser incrivelmente transformador, profundo, intuitivo, enigmático e curador. Quanto às vibrações mais baixas, quem tem o sol, ascendente ou muitos planetas neste signo pode acabar sendo muito possessivo, vingativo ou auto-destrutivo às vezes. Planetas em Escorpião se manifestam possivelmente de forma intensa, poderosa, transformadora ou misteriosa.

SAGITÁRIO: As vibrações mais altas de Sagitário são o fato de normalmente serem expansivos, otimistas, visionários e aventureiros. Já em suas vibrações mais baixas, sagitarianos podem acabar sendo excessivos, grosseiros (na maneira de falar a “verdade”) e irresponsáveis, além de às vezes acabarem sendo fanáticos e intensos demais no que acreditam e seguem. Planetas em Sagitário se manifestam de forma expansiva, otimista e sincera.

CAPRICÓRNIO: As vibrações mais altas de Capricórnio estão ligadas à responsabilidade, ao foco, à organização, à ambição e o fato de serem muito trabalhadores. Já as vibrações mais baixas podem acabar sendo a rigidez excessiva, pessimismo e uma possível avareza. Planetas que um indivíduo tenha em Capricórnio tendem a se manifestar de forma prudente, séria e disciplinada.

AQUÁRIO: Aquário é o signo cujas vibrações mais altas são a criatividade, humanitarismo e o fato de serem verdadeiramente revolucionários e originais. Já as vibrações mais baixas podem ser o excentrismo, rebeldia e racionalidade em excesso. Planetas que um indivíduo tenha em Aquário tendem a se manifestar de forma original, livre, imprevisível e revolucionária.

PEIXES: Em suas vibrações mais altas, Peixes tem tudo a ver com sonhos, arte, sensibilidade e espiritualidade. Já em suas vibrações mais baixas, especialmente para aqueles que têm o Sol em Peixes ou que têm este signo forte no mapa, é possível que haja uma dificuldade em manter os pés no chão, uma instabilidade emocional e a busca por recursos de fuga da realidade. Planetas em Peixes tendem a se manifestar de forma mística, intuitiva, empática ou fantasiosa. 

 

OS PLANETAS

  • PLANETAS PESSOAIS 

SOL (rege Leão)

É o seu eu pessoal, seu ego. “Eu quero”. Onde você pode se desenvolver, brilhar. O Sol é símbolo de criatividade, poder, energia e da vida em si. Onde ele está no mapa revela um aspecto da vida de grande importância para o indivíduo. E o signo em que o Sol está indica traços dominantes na sua personalidade, assim como suas forças e fraquezas inatas.

LUA (rege Câncer)

Suas emoções, a maneira como você sente. Tem a ver com suas raízes, e tudo o que acolhe: sua mãe, casa, alimento, sonhos, imaginação.

MERCÚRIO (rege Gêmeos e Virgem)

A forma como você pensa e também como se comunica. Irmãos, irmãs, tios, primos, veículos.

VÊNUS (rege Touro e Libra)

Posses e amores. O que você ama e valoriza. Diz respeito à maneira como você ama.

MARTE (rege Áries e antigamente regia Escorpião)

Seus impulsos e coragem. Como você manifesta sua impulsividade e pode ser mais briguento. E, ao mesmo tempo, onde planta as suas sementes. Onde coloca a sua paixão.

 

  • PLANETAS SOCIAIS

JÚPITER (rege Sagitário e antigamente regia Peixes)

Onde você se expande. Viagens, ideais, cursos superiores. Riqueza.

SATURNO (rege Capricórnio e antigamente regia Aquário)

Onde você foca. Se estrutura, traz seriedade, disciplina, e pede paciência e perseverança.

 

  • PLANETAS TRANSPESSOAIS

URANO (rege Aquário)

Onde você é criativo, revolucionário, quebra padrões e pode “voar”. Ele também traz imprevisibilidade, mudanças repentinas.

NETUNO (rege Peixes)

O aspecto mais elevado da sua alma, onde você está mais perto do divino. Está ligado à intuição, ao mar, às artes, espiritualidade e cura. Também pode representar vícios, ilusões ou dissoluções.

PLUTÃO (rege Escorpião)

O instrumento através do qual você pode mudar radicalmente a sua vida; renascer. Nas vibrações mais baixas, temos uma energia de autodestruição ou busca exacerbada pelo poder, mas nas mais elevadas, temos a possibilidade de cura, profundidade e muito transformações.

 

RESUMO DAS CASAS DO MAPA ASTRAL

Casa 1: Identidade, personalidade exterior, traços da aparência, como as pessoas te enxergam.

Casa 2: Dinheiro, posses, segurança, valores.

Casa 3: Educação, transportes diários, comunicação, irmãos, tios e primos.

Casa 4: Lar, local em que se mora, segurança, mãe, raízes, ancestrais.

Casa 5: Criatividade, lazer, filhos, romance, diversão.

Casa 6: Trabalho, rotina, saúde física.

Casa 7: Relacionamentos, casamento, parcerias, sociedades.

Casa 8: Dinheiro dos outros, heranças, morte, transformações e sexualidade.

Casa 9: Viagens, universidade, filosofia, religião.

Casa 10: Carreira, profissão, imagem social, status, pai, futuro.

Casa 11: Amigos, persona social, clubes e intelectualidade.

Casa 12: Reclusão, missão, sonhos, desafios, inconsciente.

 

Lembrando que, para entender melhor o que são as casas e como a funciona um mapa astral, basta ler esse post, em que expliquei cada casa e também esses conceitos de forma mais detalhada! 💙

 

O que você achou desse conteúdo?